TÉCNICAS DE EVANGELISMO


Técnicas de evangelização.

Quando li um livro chamado nunca desista dos seus sonhos, conheci um tema sobre Jesus que jamais tinha ouvido falar: O MAIOR VENDEDOR DE SONHOS DE TODOS OS TEMPOS.
Até então eu sempre tive um espírito evangelizador, gostava de missão, entregar panfletos, falar de Jesus, impor minha religião, mais nunca tinha ouvido falar que evangelizar é uma arte que traz consigo a imaginação dos sonhos de cada pessoa, ou melhor, trás a necessidade de cada pessoa querendo a trocar por benefícios.
Foi quando lendo este livro descobri que evangelizar é uma arte.Toda arte tem que ter suas técnicas e no evangelismo devemos aprender não impor nossas idéias mais expor, trazendo com ela o crescimento do reino de DEUS e principalmente da nossa comunidade.
Este treinamento na verdade são técnicas de evangelismo.Iremos descobrir como chegar na pessoa, como explicar, e como convidar a ela a participar de umas nossas reuniões passo a passo.
Seja bem vindo ao treinamento.Este treinamento foi elaborado como objetivo principal desenvolver através de técnicas e exercícios, aliados com suas experiência de evangelização, habilidades e atitudes ao evangelista, visando torná-lo fácil aplicabilidade no seu dia a dia.
Iremos separar este estudo por Oito momentos:
- Apresentação, aproximação, abordagem, levantamento de necessidade, argumentação, sustentação, fechamento e pós-evangelismo.
Iremos também colocar a posição do não salvo como leigo e do Homem de DEUS como evangelista.
Este treinamento será dividido em três seções, que iremos dividir em técnicas de evangelismo, argumentos de evangelismo e também a arte do evangelismo.






1° MOMENTO: APRESENTAÇÃO.

No exercício de evangelista é necessário que haja um constantemente desenvolvimento de perfil. Dessa forma, você esta facilitando o desempenho de suas atividades.
Em baixo relacionaremos alguns itens que fazem parte do perfil de um evangelista de sucesso:

◙ CONHECIMENTO:
·        IGREJA=> Conheça doutrina, campanha, horários dos cultos, reuniões especifica, doutrinas, etc...
·        A bíblia=> Passagens de salvação, família, cura divina, prosperidade, e principalmente os quatros evangelhos.
·        Técnicas=> Livros de evangelismocidade de auto motivar-se=> Seja responsável pela sua própria motivação

·        CARACTERISTICA PESSOAL.
·        Boa apresentação=> Tenha cuidado com a aparência (unhas bem limpas, roupas, palavras, hálito, etc...).
·        Iniciativa=> Tome decisões com rapidez
·        Flexibilidade=> Adapte-sê a diferentes situações
·        Persistência=> Supere objeções.



2° MOMENTO: APROXIMAÇÃO

Entende-sê por aproximação o contado inicial entre o evangelista e o leigo.Considerando que o evangelismo é um ato de conquista, apresentaremos a seguir, algumas dicas de comportamento e atitudes que facilitarão essa conquista.Por tanto alem de estar atento para os fatores do primeiro momento que seria conhecimento, habilidades, e característica pessoais, você deve estar alerta para os seguintes fatores:

◘ Impressione bem desde o principio=> Antes de você evangelizar é necessário você vender sua imagem ( legal, antipático,chato,divertido, etc...).
Chame o leigo pelo nome=> É uma maneira de criar vinculo com o mesmo.
Cumprimenta corretamente=> Um simples aperto de mão poderá ser o primeiro passo para o evangelismo; duas palavras definem bem o aperto de mão: breve e firme. Um cordial bom dia ou como está é apropriado par se dizer como cumprimento mais deve ser pronunciado com clareza e confiança.
Aproxime calmamente=> Não se apresse parecendo estar querendo se livra da situação. A tensão causada pela pressa poderá fazer com que você perca o domínio da situação.
Mantenha postura e demonstre segurança=> Ao fazer contato com o leigo faça-o com segurança, e deve ser demonstrado através da sua postura que jamais devera ser negligente ou desinteressada.







3° MOMENTO: ABORDAGEM.

A abordagem é uma das fases mais importante do evangelismo. Este é o momento em que você estabelece sintonia com o leigo. É essencial que você evite comportamento que resultam em reações negativas ou espanto do leigo.
Ex. eu vim! Falar de religião.

Façam na abertura colocações criativas que estimulem o dialogo. Evitem fazer perguntas que possam ser respondidas com sim ou não, porque assim as chances de você convencer as pessoas são pequenas.

 A abordagem poderá ser dada com:
Saudação, seu nome, nome da igreja e a utilização de algumas abordagens descrita abaixo. Cabe a você adaptar ou criar uma abordagem de acordo com o tipo da pessoa que você conversa.

FORMAS DE ABORDAGEM:

Mistério=> Criar desejo de ouvir antes mesmo de apresentar a sua visita:
Ex: estou aqui para lhe apresentar-lhe a forma mais fácil de encontrar a paz e garantir sua salvação.
Perguntas=> Fazer perguntas abertas:
Ex: o que o sr conhece de salvação?
Assistência=> Criar confiança.
EX: estou aqui para que juntos posamos encontrar na bíblia as promessas que Jesus tem para você ser muito feliz:

Como em todos o evangelismo esta é uma fase que não tem receitas prontas que possa seguir. Cabe você encontrar a melhor forma e adaptá-las ao seu evangelismo.

4° MOMENTO: LEVANTAMENTO DE NECESSIDADES.

A única maneira de levantar necessidades do leigo é perguntando. Por tanto faça tantas perguntas quantas forem necessárias para obter informações de que precisa.Tais perguntas são chamadas de perguntas de sondagem e podem ser classificadas em:
Perguntas abertas, perguntas fechadas e perguntas reflexivas.

☻Perguntas abertas=> Utilizadas geralmente no inicio do evangelismo. São aquelas que estimulam o leigo a falar livremente a respeito de suas necessidades.
Ex: Como o senhor vê a igreja no momento?
Em se tratando em sonho qual seria do senhor?
Perguntas fechadas=> São aquelas que conduzem o evangelismo na direção de um tópico especifico que você escolheu, que geralmente a resposta é sim ou não.
Ex: o senhor vai já à igreja?
O senhor acredita em DEUS?
☻Perguntas reflexivas=> Utilizadas para tratar as objeções. São feitas com o objetivo de deixar o leigo saber que a duvida dele foi compreendida por você. Começa geralmente com as palavras:
o sr acha...,o sr esta preocupado com... O s.r. encontrou...
Dois requisitos são muito importantes para o uso de perguntas reflexivas:
-AUDIÇAO REDOBRADA;
-SELEÇÃO CUIDADOSA DAS AFIRMAÇÕES = para usá-las como base para suas perguntas reflexivas:
Por tanto, lembre-sê simplesmente e reformule a objeção do leigo com suas próprias perguntas:
Ex: então o senhor acha que ir para a igreja hoje é complicado para o senhor?

Tão importante quanto saber fazer perguntas é saber ouvir as respostas.Controle a sua ansiedade em ajudar o leigo a responder ou responder por ele, respeite o silencio dele.
Procure fazer uma pergunta a cada vez.Não tenta adivinha, nem presumir por ele.Concluímos, portanto que quanto mais você perguntar e ouvir, mais informações da necessidade do leigo você terá.O principal objetivo das perguntas relaciona-se a levantar necessidades.

5° MOMENTO: ARGUMENTAÇÃO.

A argumentação é o mais eficiente recurso que você dispõe para criar o desejo do leigo ir igreja. A argumentação deve ser feita deve uma maneira lógica e ordenada.

Para que essa fase possa gerar bons resultados fiquem atentos:

☺Saber ouvir=> Ouvir com atenção é condição indispensável para argumentar de forma eficaz.
☺Mapear o leigo=> Através de perguntas abertas ou fechadas, você poderá saber quais são os motivos, razões necessidades do leigo.
 ☺Explicar=> Usando uma linguagem acessível, você deverá dar informações convincentes.
☺Demonstrar=> falar as vantagens que Jesus pode dar a ele.
☺Citar testemunhos=> Apresentar a pessoa testemunhos, folhetos, testemunhas, etc...
☺Insistir=> Não confundir insistência com inconveniência, insistir com limites.
☺Não presumir=> Não imagine que o leigo compreendeu, deixe ele mesmo dizer, é preciso que ele mesmo diga isso.


6° MOMENTO: SUSTENTAÇÃO.

A fase do evangelismo em que você supera a objeção do leigo o não!
A sustentação deve fazer parte do evangelismo quando o leigo disser não, criando assim obstáculo. O maior desafio do evangelista é vencer o não. E deve ser tratado:
♂perguntas porque
♂alem disso tem outro motivo?

Fazem parte das técnicas de evangelismo aprender a lidar com as objeções, estudá-las com cuidado e preparar se para superá-la.

Como tratar as objeções:
1.     Faça perguntas abertas.
2.     Não tenha medo.
3.     Não ataque frontalmente uma objeção.
4.     Saiba ouvir.
5.     Torne a objeção especifica com perguntas reflexivas
6.     Utilize a técnica do sim, mas.

Não existe receita padronizada para superar objeções cabe o evangelista adaptá-las conforme a situação.



7° MOMENTO: FECHAMENTO.

Momento em concluir a pessoa a igreja. Você deve perceber o momento do sim. Como perceber o momento de provocar a decisão:

■FAZENDO DE PERGUNATAS DE SONDAGEM.
EX: o que o sr acha eu vim buscar o senhor hoje para ir à igreja comigo?
■FECHAMENTO DIRETO.
EX: então posso vim buscar o senhor hoje as 18h00min?
O S.r. vai hoje à igreja comigo?
■FECHAMENTO ATRAVES DE PERGUNTAS DE DECISÕES;
Você não pergunta direto, mais fazem perguntas que exigem pequenas decisões;
Ex: o Sr prefere que eu venha te buscar que horas Cinco ou as 06h00min?
■FECHAMENTO POR SUPOSIÇÃO:
SR Carlos vou colocar seu nome no livro dos convidados, mais o sr vai me prometer que vai vim hoje, esta certo?
Sr Carlos me de seu endereço e tel que vou buscar o Sr para que você não perca esse propósito.
■FECHAMENTO POR SEGURANÇA.
É quando fechamos falando palavras firmes passando credibilidade e confiança ao leigo.
Ex. sr Carlos vou lhe dizer uma coisa que diria se você fosse meu próprio irmão!!O leigo vai perguntar o que?
Resposta: VAI NESSA REUNIÃO, SUA VIDA VAI MUDAR.
Desse jeito você afirma algo com credibilidade.
Ex: eu estou numa posição de fazer algo por você que ninguém pode fazer no momento?
Resposta: te levar hoje na igreja inclusive vou te buscar as 18:00 hr esta bom?

Existem diversas maneiras e técnica de fechamento cabe você criar uma e adaptar ao seu estilo de evangelismo.





COMO OCORRE UM EVANGELIZMO COM MUITAS OBJEÇÕES:

NO EVANGELISMO OCORRE ASSIM: Após de você se aproximar e apresentar ao leigo é necessário você fazer a abordagem assim descobrindo tudo sobre o leigo, religião, se é casada, os filhos, doenças etc...
Após a abordagem é necessário você explicar ao leigo o motivo da sua visita, após a explicação você deve fazer um fechamento.
Obtendo o primeiro não, deve fazer levantamento da necessidade do leigo com perguntas abertas, sabendo as necessidades fazer uma argumentação do que ela precisa sabendo ouvindo e principalmente dando fontes de segurança para ela (testemunho, demonstrar vantagem), após fazer outro fechamento. Ai sim é necessário fazer uma sustentação fazendo perguntas por que e perguntas reflexivas, após fazer um fechamento de confiança.

Então no evangelismo correto é necessário fazer 3 tentativas de fechamento.Não dando certo procure essa pessoa no outro dia, pois insistir mais vai virar inconveniência e ai você será dado com chato.

O maior inimigo do evangelista é o medo de GENTE e FALTA DE ENTUSIAMO:
A timidez medo de gente, medo de receber um não é medo de gente, você se limitar no evangelismo é medo de gente, não evangelizar é medo de gente.Quando possuímos este medo somos incapazes de poder cumprir o nosso chamado que é evangelizar.
Pessoas sofrem desnecessariamente devido ao medo de gente, devemos treinar a vencer nossos medos e receios.


Tipos de Evangelista.

☺Tipo bicho preguiça=> Apresenta-se com sono e cansado; não costuma fazer nenhum esforço para poder atender o leigo.
Tipo coelho=> Faz tudo rápido e é eficiente. No entanto, deixa um pouco a desejar em relação à atenção que dispensa ao leigo.
Tipo papagaio=> Não para de falar e não ouve, muitas vezes cansando os leigos com sua argumentação.
Tipo girafa=> Estilo arrogante nariz empinado, e cabeça erguida; destrata o leigo. Acha que esta fazendo um favor em evangelizá-lo.
☺Tipo águia=> Observador, tem garra e determinação. No entanto escolhe as pessoas e despreza a as outras dizendo  , eu senti no coração de evangelizar essa e não essa!
☺Tipo ideal=> imagine que some as qualidades positivas de cada um, desenvolvendo de forma positiva e adaptando a cada situação esse é o tipo ideal.

8° MOMENTO: PÓS-EVANGELISMO.

É preciso mostra ao leigo que você esta interessado em atendê-lo agora e sempre e não na intenção de levá-lo somente a igreja. Zele pela satisfação dele.
O pôs-evangelismo nada mais é do que um acompanhamento feito após o evangelismo. E todos que desejam preservar e conquistar novas pessoas para JESUS deve estar atento as técnicas do pós-evangelismo que estão conquistando e surpreendendo muitas leigos.
Abaixo relacionamos alguns métodos eficazes de manter contato com os leigos:
Pelo telefone=> É a maneira mais rápida e barata de fazer o pós-evangelismo. Coloque-se mais uma vez à disposição do leigo, isso fará que ele se sinta valorizado.
Pelo correio=> Essa é a maneira mais comum de fazer com que o leigo sinta-se importante. Quem não gosta de receber uma carta?
■ Cartão de agradecimento=> é um cartão que você da ao leigo agradecendo pela sua visita, atenção do evangelismo, pelo seu aniversario, etc...

Essas são excelentes maneiras de mostrar que você se importa com eles, só toma cuidado para não tornar inconveniente.
* existe um selo chamado social que custa 0,01centavos, uma maneira barata de manter contato com a pessoa que você esta evangelizando.
*Para fazer o pós-evangelismo a pessoa não precisa ter vindo a igreja, mais é um modo muito inteligente de suporte pra ela vir no próximo evangelismo.

Dica de evangelismo:
Uma dica muito interessante para o evangelista é aprender fazer um repique (voltar na mesma rua), após 15 dias do evangelismo.
No primeiro evangelismo, tem que pegar tudo sobre o leigo (nome, end, cep,) e depois mandar uma carta agradecendo sua atenção dizendo o quanto ela foi importante para você.No segundo evangelismo com certeza a atenção dela para você será melhor e a possibilidade dela te acompanhar a igreja será 70%.
O evangelista tem que se preparar, na rua ele é pastor, medico psicólogo, amigo, enfermeiro, filho, marido, mãe, ou seja, ele é tudo.
Por isso a técnica mais importante para o evangelista é o conhecimento, leia a bíblia, leia livro de alto estima, leia livro de psicologia, leia livro evangélico.
A intenção deste treinamento é lhe treinar  no conhecimento para você colocar na pratica.

2 comentários:

  1. Realmente é um verdadeiro curso de evangelização, vou estudar mais para me preparar melhor, eu quero ajudar passar a palavra de Deus adiante, porque eu sei que muitos fracos de espirito precisam e necessitam da palavra de Deus, afinal ela é vida.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo Conteúdo, que Deus recompense vocês.
    Sou vendedor há mais de 05 anos na indústria e sempre pensei em aplicar as técnicas de vendas para oferecer o melhor produto, que é a pregação da Salvaçaõ em Jesus Cristo.

    Que O Senhor neste tempo levante homens e mulheres ousados e sábios na Palavra, que têm uma vida reta e glorifiquem a Deus em tudo.

    ResponderExcluir